SENDAS DE BASHÔ # HAICAIS * ANTONIO CABRAL FILHO

Haicai japonês

Pai do Haicai moderno

Meu sinal de vida

é distribuir amor:

Don Juan devasso.

*

Cobra preta zás!

Após combate mortal,

papa cascavel.

*

Galo da campina

desfilando no curral:

Carrapatos gordos.

*

No domingo à tarde,

vou direto ao “Proletário!”:

Ver “Moça Bonita!”

*

Na brisa de março,

você chegou-me no vento:

Perambulo em Copa…

*

Como amendoim,

com a chuva alagando tudo:

Haicai molhado.

*

No fogo de palha,

labaredas se enovelam:

Pétalas de rosas.

*

Laranjais em flor:

Banqueteiam-se as abelhas

produzindo mel.

*

Anúncio das cigarras:

A noite é viúva negra

atrás de mais um.

*

No cais de Belmonte,

canoas dormem ao sol:

Marujos, nem sombra.

*

Sol sobre o café,

espalhado no terreiro:

Repouso do forno.

*

Sob um céu de chumbo,

a estas horas da tarde:

Raios de sóis rubros.

*

A Flauta de Pã,

não me toca a Marselhesa:

Lacunas da história.

*

Sacrifício algum,

vale prazer mais intenso

que matar o tempo.

MAIS HAICAIS DO CABRAL ACESSE

http://blogdopoetacabral.blogspot.com.br

 

Um comentário sobre “SENDAS DE BASHÔ # HAICAIS * ANTONIO CABRAL FILHO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s