VER…SO CURTO & GROSSO # Poemas Piadas * Antonio Cabral Filho

167168962_5366937_23430769-cd e dvd de poesia

FALSO DIÁLOGO COM FERREIRA GULLAR

Gullar – ” Eu, como poeta,

preciso da língua

para violentá-la !”

Cabral – Eu como poeta,

prefiro violentar

com a língua.

*

CONTO DO VIGÁRIO

Era uma vez

são apenas três palavras,

mas tome cuidado

que todo conto do vigário

começa com “Era uma vez…”

*

KATIA PLENA

Flutuar na aula de química

com a cabeça cheia

de compostos poéticos

não produz nenhuma solução.

*

OBTUÁRIO

João Cabral

a “palo

seco”

foi

s

e

sem

ninguém

molhar o bico.

*

SABONETE LUX

Depois que o Lux

enlouqueceu as estrelas,

o firmamento ficou

muito mais celestial.

*

MILITÂNCIA

Os meus sonhos de 68

acabaram em 69

nas areias de Ipanema

com uma loura bem suada.

*OBSERVAÇÃO

Não posso postar aqui o livro todo, mas gostaria que os meus caros amigos visitassem-no em blogdopoetacabral.blogspot.com.br  e curtissem a beleza que encantou Paulo Leminski, José Paulo Paes, Oswald de Andrade etc, enquanto forma poética libertária.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s